12.9.08

Como fazer seu amor amar você em 12 lições...

Foto de MicroAbi

1: Roube umas estrelas pra ele. Amores amam estrelas.

2: Quando for entregar as estrelas, não se esqueça de embrulhá-las em papel de seda azul. O dourado delas vai ficar todo encantado.

3: Quando for suspirar, prenda a respiração por 7 segundos exatos. E envie durante esses 7 segundos 7 trilhões de saudades para o coração delicado do seu amor.

4: Quando acordar, feche os olhos do sonho com um beijo de boa noite. Sempre funciona.

5: Ande de olhos fechados pelo território do segredo. Se você não resistir e abri-los, finja que não é com você.

6: Quando for dormir, cumprimente seus sonhos entusiasticamente. Afinal, são eles os responsáveis pela movimentação inteira da terra em torno do seu amor.

7: Leve sempre pão e vinho para seu amor. Não o deixe perecer por falta de alento. Nem por falta de alegrias.

8: Toque seu amor com dedos de orvalho e de tempestade. A luminescência convém com a paixão.

9: Ao olhar para ele, cubra-o de calafrios. A pele é sempre nova para suavidades.

10: Quando queimar de desejo, envie-lhe as cinzas de seu corpo pelo ar secreto da noite. Elas pousarão sobre ele como vertigens, e o farão estremecer em algaravias.

11: De tarde, quando for lhe escrever, deixe que borboletas percorram cada um de seus poemas. Vôos intangíveis combinam sempre com o amor.

12: E nunca se esqueça. O impossível tem vários começos.


Para minha amiga S. E para mim mesma.

23 comentários:

Anônimo disse...

a amiga s. agradece apaixonada. por vc. que doçura! vc arrasa. beijos

eu, borboleta disse...

nossa... perfeito!!!!!!!!!

marcela dantés disse...

ai, meu deus.
e onde eu compro um amor desses?

J. Caribé disse...

Você escreve com uma delicadeza incrível. Lendo, me senti flutuar nas suas letras.

Não largo mais daqui...

Beijos.

Elaine Bittencourt disse...

muito lindo!

Cibele. disse...

Eu assinei o seu blog tem uns 3 meses mais ou menos. E cada vez que eu recebo uma novidade sua, fico mais impressionada com a sensibilidade, delicadeza e facilidade nas palavras. Você escreve lindamente e eu acredito que tudo é pra mim ou como se fosse pra mim.
Parabéns! E continue assim... Me fazendo feliz, mesmo sem querer.

Cibele.

Rebecca P. disse...

S., Borboleta, Marcelinha, Caribé, Elaine, Cibele,

Obrigada a todas pelo carinho!! É tão bom saber que meus devaneios encontram almas sensíveis onde pousar...

Minha alegria é ter vcs aqui!

Grazielle disse...

sublime!
Seguirei cada passo!

Anônimo disse...

Lembrei-me daquele poema de Drummond:"Penetra surdamente no reino das palavras. Lá estão os poemas que esperam ser escritos"
Tens a chave Rebecca.
Beijos
Clau

Rebecca P. disse...

Grazielle, pode seguir que dá certo, viu?

;)

Clau, o elogio foi lindo..., mas
a tal da chave é bem mais arredia do que se imagina...

Almas Livres escalando sonhos impossiveis disse...

como sempre lindo ne reb`s...desculpe por ontem nao ter te dado atencao, estava no meio de um termino, dolorido...olhe, agora escrevo minhas coisas (que sao bobinhas, longe dos seus escritos maravilhosos) nesse blog ai: almasimpossiveis, beijao, aninha

Clarice, aquela da lelé disse...

eu também vou comentar, então.

quando começei a ler, tive uma esperança de que, lendo em lições, pudesse aprender e, quem sabe, achar-encantando esse amor perdido que nem sei, mas caço.

ei rebecca!
te encontrei na internet.
a mamãe me conduziu até você, aqui.
agora acompanho.
um beijo para você,
de clarice.

Sdref disse...

achei lindo!!!
Bjsss

Rebecca P. disse...

Aninha, que bom que vc montou um blog só seu! adoro seus textos... e vc super me deu atenção, boba... a confusão do show tb não dava pra encontros mais "profundos"... rsrsrs! Dia desses marcamos uma cerveja pra colocar o papo em dia, tá? Torço pra que vc fique bem!

Clarice, seja bem vinda, viu? E espero que todas nós encontremos esse amor encantado-encantante... : )

E Sdref (que nome ótimo!),
Obrigada!

K disse...

Ah, Rebecca, esse amor encantado-encantante tem a duração de um sonho ou de uma vida inteira de borboleta?

Anônimo disse...

eu acho que arredio é a fechadura e não a chave.

clau

Denyse disse...

nossa, que coisa linda... doce, meigo....

amei!
bjos!

Natu disse...

faz muito tempo que eu não passo por seu blog
muito bonita a lição, mas eu não tenho a ninguém :(
un beijinho

Tainah disse...

Becca e a doçura em forma de palavra. ..

Rebecca P. disse...

K., não sei quanto dura, não... mas perdura na memória da pele. : )

Clau, a fechadura também é arredia... é dureza lidar com essas danadas.

Denyse, Tainah, obrigada!

e Natu, eu também ando sozinha, mas a idéia é essa mesma, conquistar o amor... : )

Remo Saraiva disse...

Daqueles textos que a gente sente inveja de não serem nossos!!

Bom "dimais" da conta!!

A lição 8 é qualquer coisa de!


Bjs,
REMO.


PS: Você não acompanhou mais os últimos passos de Rebeca. Passa lá depois. É sempre bem-vinda! :)

Rebecca P. disse...

Remo, acabei de passar por lá e vi que tem um tanto de textos da "rebeca" lá... vou ler amanhã com calma!

Obrigada pelo carinho! E por seus textos, que tb são muito lindos!

helena leão disse...

Lindo e delicado!!!!!