28.12.09

O que se diz do novo

A renovada forma


O que se diz de novo

A renomada espera


Um ano

Outro ano

O tempo


Como um golpe que escapa

Sem ferir coisa alguma

Como um silêncio esmiuçado

Por mãos vazias

E tenras


O que se diz de novo e de novo

Atrás dos sorrisos ansiosos


Sejamos felizes

Apesar de

E para sempre


Sejamos felizes: a vida é curta

E grossa


Guarda em segredo novos rituais

Onde se diga de novo

O que nunca devera ser

Velho

Um comentário:

Anônimo disse...

"[...] a vida é curta e grossa"